domingo, 8 de julho de 2012

O MACHADO QUE FLUTUOU


Este é mais um milagre operado por Deus no ministério de Elizeu (2Reis 6:1-7). Eu me deleito, ao ver a forma como Deus pode agir através do homem que tem o perfil que lhe agrada. O assunto da leitura era sobre um machado que caiu na água. É preciso conhecer bem a ferramenta que vamos usar. A Bíblia é a ferramenta de trabalho do crente; Paulo disse: Procura apresentar-te a Deus aprovado...que maneja bem a palavra da verdade (2Tm 2:15). O açougueiro, o pedreiro, o carpinteiro precisam conhecer bem as suas ferramentas e mantê-las afiadas. No Vs.5, vemos uma expressão de pânico: Ai, meu senhor, porque era emprestado. Interessante que Jesus no seu ministério terrenal, também usou coisas emprestadas: o barco, era emprestado (Lc5:3), o jumentinho (Mc11:2,3), o aposento para a Páscoa, também (Lc22:11,12), o lanche (pão e peixe) eram emprestados (Jo6:8,9). Porém, outras coisas foram feitas exclusivamente para Ele: a túnica sem costura, a cruz dolorosa e a coroa de espinhos. Voltando ao texto, os jovens viram que o lugar onde estavam ”era estreito” , havia necessidade de ampliação; vemos aí visão e ação, porque eles saíram para cortar paus e assim aumentar o lugar. O dinamismo é fundamental na Obra de Deus porque ela motiva cada um a fazer o seu melhor; convidaram o profeta e saíram a trabalhar, me parece uma parceria ideal, a juventude e o vigor dos jovens com a experiência e a sabedoria do profeta. Na Obra de Deus não existe limite de idade, todos devem sentir-se convocados cada um faz a sua parte, Paulo disse: Eu plantei; Apolo regou, mas Deus deu o crescimento (ICo.3:6); os jovens, naquela euforia usaram o machado sem verificar se o ferro estava justo; em um dos golpes o ferro caiu dentro d’água. O pânico foi geral, era emprestado, era emprestado. Porém ali estava o velho profeta, e através dele Deus operou o milagre, fazendo flutuar o ferro do machado, para alegria e admiração de todos. Vamos simbolizar o pau do machado ao Evangelho, e o ferro do machado ao poder de Deus. A pregação do Evangelho só tem efeito se for na unção do poder de Deus, aí veremos salvação, cura e libertação. Existe alguém que perdeu o ferro do machado? É preciso recuperá-lo, isso fala de restauração, restituição, não fique chorando sobre o leite derramado. Você precisa recuperar a alegria, o ânimo, o interesse pela Obra de Deus. A casa de Deus é o lugar certo para você, e o Espírito Santo vai restituir o seu machado perdido. RMC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário